_NOSCRIPT

canal-ciencia

Busca Avançada

Valor nutritivo de alimentos amazônicos: açaí, camu-camu, cubiu e pupunha

O que é a pesquisa

Qual o valor nutritivo de produtos típicos amazônicos como o vinho de açaí, o camu-camu, o cubiu e a farinha de pupunha?

Estes alimentos podem servir para a prevenção de doenças comuns na Amazônia como a desnutrição energético-proteíca, anemia ferropriva e hipovitaminose A?

Senão como forma preventiva, será que esses alimentos podem ser usados para minimizar estes problemas de saúde pública ainda registrados em diferentes grupos populacionais da região amazônica?

Para estas questões um grupo de pesquisadores do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA) está buscando respostas.

Como a pesquisa é feita

O trabalho visa principalmente a população escolar e pretende também identificar o potencial agronômico tecnológico e nutricional das espécies vegetais mencionadas.

Parte essencial da pesquisa são as análises quanto à composição química do fruto e avaliação dos produtos e dieta.

A avaliação do impacto quanto à utilização da farinha de pupunha como fonte de pró-vitamina A tem como grupo de amostragem pré-escolares voluntários com idade de 2 a 7 anos de idade, num total de 90 crianças, divididas em três grupos de 30: um grupo experimental (que recebeu o produto extraído do alimento amazônico), um grupo controle, que recebeu a vitamina A e o grupo placebo, constituindo assim a avaliação na forma preventiva. Conclui-se que a farinha de pupunha é uma fonte excelente de energia, fibra, óleo, sendo altamente recomendada para a prevenção da hipovitainose A

A avaliação do impacto do “vinho” de açaí em pré-escolares foi feita por meio do estudo das concentrações de hemoglobina no sangue. Com esse fim foi selecionada uma amostra de 60 crianças de 2 a 6 anos incompletos, divididas em três grupos de 20: um grupo experimental (que recebeu o ferro do açai), um grupo controle, que recebeu o ferro e o grupo placebo, constituindo assim a avaliação na forma preventiva. Os resultados demonstraram que o suco de açaí é uma fonte energética refletindo no ganho de peso das crianças estudadas. Por ser uma fonte de energia pode contribuir para a
redução da Desnutrição Energético Protéica.
A avaliação da ação hipoglicemiante do cubiu é testada inicialmente em ratos diabéticos, por um período de 45 dias.

Importância da Pesquisa

As informações geradas por este projeto permitem a ampliação da tabela de composição de alimentos a nível regional e nacional, assim como a elaboração de um banco de dados a nível nacional dos produtos regionais com potencial no mercado interno e externo.

O diagnóstico nutricional de grupos populacionais responde às perguntas sobre a prevalência e extensão da desnutrição energético-protéica, anemia ferropriva e hipovitaminose A na região amazônica e conseqüentemente subsidia o direcionamento de políticas públicas de diversos setores, particularmente a saúde.

A minimização das carências nutricionais na região usado alimentos regionais potencialmente nutritivos refletirá na melhoria do padrão sócio-econômico-cultural e ambiental das populações de baixa renda e na qualidade de vida.

A vantagem adicional de trabalhar com crianças está também no poder de assimilação das mesmas, uma vez que, aliada aos projetos, a educação nutricional é sempre um trabalho de grande envergadura.

Com esta pesquisa espera-se assim contribuir para o desenvolvimento econômico e melhoria da qualidade de vida na Amazônia.

Texto de divulgação científica publicado em 11 de dezembro de 2002.