_NOSCRIPT

Portal do Governo Brasileiro
canal-ciencia

Busca Avançada

Notáveis

Maurício Rocha e Silva

Maurício Rocha e Silva

O farmacologista Maurício Rocha e Silva descobriu, em 1949, que as enzimas do veneno da jararaca agem sobre as proteínas do sangue, liberando uma substância chamada bradicinina, que hoje é largamente utilizada em medicamentos para o controle da hipertensão. O potente vasodilatador descoberto por ele é amplamente empregado desde a década de 70 e representou melhora radical na expectativa e qualidade de vida de hipertensos, especialmente quanto a restrições dietéticas. No exterior, Rocha e Silva pesquisou a histamina, utilizada em medicamentos cardiovasculares. O descobridor da insulina, Charles Best, ficou tão impressionado com o talento do brasileiro que o convidou para ser seu assistente; mas Rocha e Silva recusou. O químico possui mais de 300 trabalhos publicados em revistas como a Nature e Science e, no final da década de 50, organizou o departamento de farmacologia e a pós-graduação da Universidade de São Paulo. Nasceu em 19 de setembro de 1910. Ganhou o prêmio Moinho Santista e o Prêmio Nacional de Ciência e Tecnologia do CNPq. Foi vice-presidente da União Internacional de Farmacologia, participou do Conselho Federal de Educação, foi membro-fundador da Sociedade Brasileira de Fisiologia e da Sociedade Brasileira de Farmacologia e Terapêutica Experimental. Faleceu em 1983.