_NOSCRIPT

Portal do Governo Brasileiro
canal-ciencia

Busca Avançada

Notáveis

Haity Moussatché

Haity Moussatché

Trabalhou no Instituto Oswaldo Cruz por quarenta anos, sendo chefe das seções de farmacodinâmica e fisiologia.. Um dos estudos em que se envolveu foi a investigação do fato de o gambá ser resistente ao veneno de algumas cobras. Pesquisou também o choque anafilático e substâncias químicas que transferem informações de uma célula nervosa a outra, como a acetilcolina. Formado em medicina, logo se interessou pela área de fisiologia. O dinamismo de sua trajetória acadêmica se explica por acreditar que o cientista não devia direcionar seus esforços a temas únicos.. Moussatché considerava a carreira de pesquisador instigante por propor novos problemas a cada descoberta. Nos anos 70, teve seus direitos políticos cassados e passou a trabalhar como professor na Venezuela, na mesma universidade em que montou um grupo de pesquisas. Era defensor da responsabilidade social do cientista. Dizia que os pesquisadores devem sempre avaliar as conseqüências de seus estudos para a humanidade. Também era contra a exigência de publicação rápida de resultados que, na sua opinião, gerava muitos equívocos científicos. Moussatché nasceu em 1910 e morreu em 1998.